Equipe do Hospital Vila da Serra que realizou a primeira cirurgia robótica ginecológica no Estado de Minas, já comemora 6 meses de atividade e grande sucesso.

Dia 7 de dezembro de 2016, a equipe de cirurgiões ginecológicos do Hospital Vila da Serra, Wilson Eustáquio Silva Junior e João Augusto de Oliveira Fernandes realizou o primeiro procedimento robótico do gênero em Minas Gerais.

A paciente, que sofria de endometriose, submeteu-se a essa nova tecnologia que aumenta consideravelmente a eficiência da cirurgia e um processo de recuperação rápido, se comparado aos métodos tradicional e laparoscópico.Depois da cirurgia, a paciente ficou internada por 24 horas – quando o período médio de internação é de 48 horas – e passados seis dias, confessou ao cirurgião Wilson Eustáquio Silva Junior que não acreditava que havia passado por uma cirurgia, pois não sentia dores e estava muito bem-disposta para retomar as atividades.

O procedimento robótico tem inúmeras vantagens. Entre elas, o médico listou a evolução da imagem, o que permite ao médico conduzir o procedimento em 3D e com aumento de 12 vezes do órgão em questão. Dessa forma, há maior precisão dos movimentos, ergonomia e conforto para os médicos, que operam assentados.

“Para os pacientes, o método robótico também traz muitos benefícios. Um deles é que a perda de sangue é mínima. A recuperação também é mais rápida, o que permite que a pessoa retorne para suas atividades em prazos menores”, frisou.

O cirurgião ginecológico, João Augusto de Oliveira Fernandes, ressaltou que a capacitação da equipe foi realizada em Bogotá, onde os médicos da América Latina fazem os testes necessários para usar a tecnologia robótica.

O médico disse, ainda, que a cirurgia robótica já desperta a atenção dos pacientes. “O equipamento foi uma aquisição que colocou Minas Gerais em situação de igualdade com outros estados do país. Em São Paulo, por exemplo, os procedimentos são realizados desde 2008”, comentou.

Como se trata de uma inovação tecnológica, os procedimentos do gênero não são cobertos por planos de saúde e nem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Nosso desafio, para os próximos 10 anos, é aumentar o acesso dos pacientes a essa técnica”, conclui.

Cirurgia robótica no Hospital Vila da Serra

Pioneiro, o Hospital Vila da Serra inaugurou o projeto Da Vinci – Cirurgia Robótica em 20 de setembro de 2016. O equipamento que demandou aporte de U$ 3 milhões é fruto de uma parceria com a Fundação Educacional Lucas Machado (Feluma) e ocupa uma sala especial do bloco cirúrgico.

O primeiro procedimento realizado foi uma prostectomia radical (retirada da próstata), na sexta-feira, 16 de setembro. O médico urologista do Vila da Serra e diretor técnico do projeto, José Eduardo Távora, foi o responsável pela cirurgia

Pin It on Pinterest

Share This